História do Escotismo no Brasil

 A primeira notícia sobre Escotismo que chegou no Brasil foi no dia 1º de dezembro de 1909 na revista Ilustração Brasileira. O título da reportagem era “Scouts a Arte de Scrutar”, ocupava 3 páginas e foi escrita pelo Tenente da Marinha de Guerra Eduardo Henrique Weaver que estava na Inglaterra a serviço. Junto dele havia um grupo de suboficiais e praças da marinha, entre eles Amélio Azevedo Marques que fez com que seu filho entrasse em um Grupo Escoteiro local. E assim fazendo de Aurélio Azevedo Marques o primeiro Boy Scout Brasileiro.

   Quando retornaram para o Brasil trouxeram também uniformes escoteiros ingleses. No dia 14 de junho do mesmo ano, na casa número 13 da Rua do Chichorro no Catumbi, Rio de Janeiro, reuniram-se, formalmente, todos interessados pelo escotismo e embarcados nos navios que haviam chegado ao Brasil. E no mesmo lugar foi fundado o Centro de Boys Scouts do Brasil.

   No ano de 1913 é registrado o início do Escotismo em Santa Catarina, na cidade de Blumenau e também no Rio Grande do Sul, na cidade de Porto Alegre. E em 1914 o Escotismo se espalha para São Paulo e Minas Gerais, no mesmo ano começa o Escotismo Feminino na cidade de São Paulo. No inicio de 1915 inicia o Escotismo no Espírito Santo, Paraná, Amazonas, Pernambuco e Bahia.

   É fundada em 1919 a Federação das Bandeirantes do Brasil. Em 1921 a Modalidade Mar se expande para o Brasil. Em 1922 é realizado o 1º Congresso Escoteiro do Brasil e é criada a Organização Mundial do Movimento Escoteiro, sendo o Brasil membro fundador. No ano de 1924 acontece o 2º Jamboree Mundial Escoteiro na Dinamarca e a delegação brasileira é composta por quatro adultos, e em 24 de novembro é fundada a União dos Escoteiros do Brasil.

  O fundador do Escotismo Robert Baden-Powell é agraciado com a Medalha Tapir de Prata, a condecoração de mais alto grau do Escotismo Brasileiro que lhe foi entregue em 1939, quando já morava no Quênia. Em 1938 é criada a Modalidade Ar em Curitiba - PR, no Grupo Escoteiro do Ar Tenente Ricardo Kirk.

  Na noite de 19 de Dezembro de 1938 a comissão executiva do Grupo Escoteiro Afonso Arinos de Belo Horizonte, organizou uma excursão técnica e cultural a São Paulo. Na madrugada de 19 de dezembro entre as Estações de Sitio e João Aires o trem em que os escoteiros estavam subia o morro, enquanto um trem cargueiro descia, poucos segundos depois dos trens se avistarem se chocam fazendo com que vagões descarilhem e outros lançados para o alto.

  Logo após o acidente o monitor da patrulha Lobo, Caio Vianna Martins que recebeu uma forte pancada na região lombar, sofrendo o esmagamento das vísceras e hemorragia interna, é retirado dos destroços pelos seus companheiros e levado ao vagão leito que estava servindo de enfermaria pelos escoteiros, quando ele nota que um enfermeiro se aproximava com uma maca o escoteiro olha em volta e diz: “Não. Há muitos feridos aí. Deixe-me que irei só. Um Escoteiro caminha com as próprias pernas”. Acompanhado dos amigos segue à pé para a cidade, mas o esforço que ele fez foi muito grande. Ao chegar ao hotel deu alguns passos e depois cuspiu sangue,por consequência de sua hemorragia interna, agravada pela caminhada. É levado à Santa Casa, onde às duas horas do dia 20 de dezembro falece na presença dos pais.

  Em 1941 ocorre o falecimento de Robert Baden-Powell e em 8 de Janeiro é inaugurado o Estádio Caio Vianna Martins, em Niterói - RJ. É oficializado o Ramo Sênior no Brasil em 1945, com a fundação da Tropa Sênior do Grupo Escoteiro Guilhermina Guinle – Fluminense FC, atual Grupo Escoteiro João Ribeiro dos Santos 1/RJ.

  Em 1998 é realizado o 1º Jamboree Nacional Escoteiro em Navegantes/SC, com 2.400 participantes. E em 2010 no dia 12 de Junho é realizada simultaneamente por todos os Grupos Escoteiros do Brasil a atividade “Celebrando o Centenário”, comemorado com um Fogo de Conselho o aniversario de 100 anos do Escotismo no Brasil.

  Em 2011 é feita a 39ª Conferência Mundial Escoteira na cidade de Curitiba – PR, Brasil. E no ano de 2012 é realizado o V Jamboree Nacional Escoteiro com o tema “Muitas origens, um só país”, durante 15 e 20 de julho.

Escrito por: Caio da Silva Dias