Lis de Ouro, Cordões e Insígnia

INSÍGNIA DA MODALIDADE BÁSICA - EXPLORADOR - Concedida pela Diretoria de Nível Local ao Escoteiro que possuir 3 especialidades relacionadas à Modalidade Básica, pelo menos no Nível 2, dentre as seguintes: Meteorologia, Cartografia, Sobrevivência, Sinalização, Acampamento, Pioneiria, Rastreamento, Técnicas de Sapa, Culinária, Excursões e História do Escotismo.

É um distintivo quadrado de tecido cáqui, dentro do qual está bordado o sinal de pista “acampamento nesta direção”. Mede 2,5 cm de altura e 2,5 cm de largura.

Este distintivo deve ser colocado na manga direita da camisa e pode ser utilizado até o jovem substituí-lo pelo equivalente no Ramo Sênior, ou, caso isto não aconteça, até sua saída do Ramo Sênior.

 

CORDÃO DE EFICIÊNCIA VERDE E AMARELO - Concedido pela Diretoria do Nível Local a que se encontra vinculado o jovem, por proposta dos escotistas da Seção, ao Escoteiro especialmente recomendado pela Corte de Honra de sua Tropa que possuir, no mínimo, seis especialidades distribuídas nos cinco Ramos de Conhecimento, em qualquer nível. O Cordão é um trançado com um fio verde e outro amarelo.

 O Cordão é usado em volta do ombro direito até o jovem conquistar o Cordão de Eficiência Vermelho e Branco ou deixar o Ramo Escoteiro. Com comprimento total máximo de 130 cm.

 

 

CORDÃO DE EFICIÊNCIA VERMELHO E BRANCO - Concedido pela Diretoria do Nível Local a que se encontra vinculado o jovem, por proposta dos escotistas da Seção, ao Escoteiro portador do Cordão de Eficiência verde e amarelo e especialmente recomendado pela Corte de Honra de sua Tropa que possuir, no mínimo, doze especialidades, estando entre estas especialidade conquistadas, a especialidade de Primeiros Socorros, no nível 2, e mais três especialidades do Ramo de conhecimentos Serviços, todas no nível 2. O Cordão é um trançado com um fio vermelho e outro branco.

 O Cordão é usado em volta do ombro direito, em substituição ao Cordão Verde e Amarelo, até o jovem deixar o Ramo Escoteiro. Com comprimento total máximo de 130 cm.

 

DISTINTIVO DE ESCOTEIRO LIS DE OURO - Aprovado pela Diretoria do Nível Local, homologado pela Diretoria Regional e certificado pela Diretoria Executiva Nacional, ao Escoteiro especialmente recomendado pelos escotistas e pela Corte de Honra de sua Tropa, que:

  • Tenha realizado a totalidade das atividades previstas no Guia da Aventura Escoteira - Rumo e Travessia;

  • Possuir o Cordão Vermelho e Branco;

  • Possuir uma das seguintes Insígnias de Interesse Especial do Ramo Escoteiro: Insígnia Mundial do Meio Ambiente, Insígnia da Lusofonia, Insígnia Cone Sul ou Insígnia da Ação Comunitária; 

  • Possuir pelo menos 10 noites de acampamento, como Escoteiro, com sua Patrulha ou Tropa Escoteira;

  • Possuir a Insígnia da sua respectiva modalidade (Aviador, Grumete e Explorador), do Ramo Escoteiro.

 É um distintivo em forma de elipse, na cor azul, dentro do qual está bordada a flor de lis, em dourado. Mede 5,5 cm de altura e 4,5 cm de largura. 

 O distintivo deve ser colocado na manga direita da camisa e pode ser usado até a conquista do distintivo Escoteiro da Pátria, ou, caso isto não aconteça, até sua saída do Ramo Sênior. Os Escoteiros podem começar a realizar os itens necessários para conquistar o Distintivo de Lis de Ouro desde o início da sua vida na Tropa, em paralelo com as outras etapas de progressão.

Fonte: s/a. POR - Princípios, Organização e Regras. 10ª edição. Curitiba - PR: Escritório Nacional, 29 de Novembro de 2013. p. 112, 114-116.