Patrulha Leão

Ocupa áreas de preservação, como no sul do Saara. Vive às margens dos desertos, em bosques e em savanas abertas.

Tem hábitos crepusculares invadindo a noite, podendo também desenvolver algumas atividades durante o dia, em períodos mais frescos.

É sociável, vivendo em grupos que podem ter de 3 a 30 indivíduos. O número de indivíduos no grupo depende do alimento disponível no local.

Na selva, vive cerca de 15 anos; em cativeiro, pode chegar aos 30 anos de idade.

O macho adulto mede entre 2,5 a 3,3 metros de comprimento; a fêmea é um pouco menor, medindo de 2,3 a 2,7 metros de comprimento.

É carnívoro e suas presas preferidas são os gnus, as zebras, as gazelas, as girafas, os antílopes, os búfalos e os filhotes de elefantes. Muitas vezes, alimenta-se de carniças.

Sua gestação dura cerca de 110 dias e dela nascem de 1 a 4 filhotes. Não há período certo para a procriação, porém há apenas uma ninhada por ano. As fêmeas do bando costumam dar à luz a seus filhotes na mesma época, para que eles tenham o máximo de comida e de carinho das mães.

É o maior felino da África. Os machos têm uma grande juba, que chega a medir cerca de 25 centímetros de comprimento. Ela se estende dos lados da face até o pescoço e sua cor varia do laranja ao preto. O corpo tem coloração amarelo-pálida e o rabo, que tem de 60 centímetros a 1 metro, termina em um tufo de pelos. Os machos são responsáveis pela defesa do território onde vivem, enquanto as fêmeas, mais ágeis e velozes, são responsáveis pela caça, alimentando todo o bando.